Fotógrafa Rebecca se reinventa com ensaios à distância durante pandemia: 'Missão'

Fotógrafa Curitibana faz fotos por videochamada. Clientes posicionam celular durante ensaio.

 

Decidi inovar o jeito de tirar fotos durante a quarentena. Em meio a pandemia do novo coronavírus, Rebecca Leao, de 33 anos, quis continuar trabalhando e utilizou as plataformas digitais a seu favor, fazendo ensaios fotográficos à distância, após se formar em Marketing Digital pela USP com mais ferramentas decidi levar a diante. 

A iniciativa surgiu como forma de continuar ativa e não precisar desmarcar mais os ensaios presenciais. 

O processo é de conhecimento do ambiente, para depois começar as fotos de fato. Converso com o cliente, entendo o que ele gosta, e para qual o proposito, tentar pegar fotos de referência e depois faz o "tour" pela casa. "Na chamada de vídeo ele me mostra todos os locais, então eu seleciono quais podem ser cenários. Depois, indico como ele pode apoiar o telefone e começo.

Tudo é feito por alguns aplicativos de chamada de vídeo que tenham uma boa qualidade da imagem e que permitam a captura de tela e wifi. Faco os prints, direciona o modelo e indica poses. Depois do trabalho, ela seleciona as melhores e faz a edição do material. 

As fotos são mais simples e naturais. A saída de fazer ensaios à distância é uma forma de continuar o trabalho, tirar boas fotos e registrar momentos, e continuar vendendos os seus produtos e serviços pela intenet em meio a um período difícil. 

Depois de alguns ensaios caseiros, aprendi como me reinventar e pensar em formas diferentes de fazer o meu trabalho.